UMA FOTOGRAFIA RETRATANDO VELHO TRONCO CAPIVARIANO: OS CAMARGO PENTEADO

Por Arnaldo Forti Battagin, fevereiro 2019

Esta semana fui agraciado com uma fotografia de 1921 por Henrique Keppke, descendente dos Camargo Penteado, fato que me estimulou a fazer alguns comentários sobre algumas pessoas que aparecem nessa foto e com as quais convivi em minha infância e adolescência em Capivari. Foram muito conhecidas na cidade por suas personalidades, capacidade empreendedora e educação finíssima.


Sem desmerecer os demais retratados e sem critérios específicos, inicio com Aldano de Camargo Penteado, pertencente aos “velhos troncos capivarianos” no jargão adotado pelo meu ex colega de ginásio, João Augusto Bastos de Mattos. Aldano ( 1900- 1986) , nome sui generis, jamais conheci um homônimo dele.Era filho de Joaquim Leite de Camargo Penteado ( 1862-1940) e Francisca Dias Ferraz (1870-1949), neto de João Leite de Camargo Penteado e Francisca Leopoldina de Souza, bisneto de Antonio Leite de Campos Penteado e Anna Joaquina de Arruda e trisneto do tenente João Leite Penteado e Maria Euqueria de Campos . Silva Leme, em sua obra publicada em 1904, Genealogia Paulistana , no volume IV, volta várias gerações até chegar nos Botelho Arruda e informa que a família Arruda, Botelho e Sampaio teve começo em São Paulo em meados dos anos 1600 com a chegada de três irmãos: Francisco de Arruda e Sá, André de Sampaio e Arruda e Sebastião de Arruda Botelho, naturais da vila da Ribeira Grande, ilha de S. Miguel, filhos de Gonçalo Vaz Botelho e de Anna de Arruda, ambos naturais da mesma ilha. Eles são descendentes pelos seus quatro costados (em genealogia cada um dos 4 avós de um individuo) de famílias lá estabelecidas, anterior mesmo à da fundação da monarquia portuguesa.

Além destes três irmãos mencionados, que chegaram a S. Paulo em 1654, veio mais tarde um sobrinho neto dos mesmos, que foi o capitão-mor Manoel de Sampaio Pacheco, o qual casou em 1710 em Itu com Barbara de Sousa Menezes. O ascendente mais remoto do ramo capivariano é André de Sampaio e Arruda Mas voltemos ao capivariano Aldano de Camargo Penteado . Ele foi homenageado com o nome de uma rua do Alto do Castellani pela lei municipal 2189/93.Nascido em 27/1/1900, casou-se em 1925 com a professora Hermínia Ferraz de Camargo Penteado.

Tiveram 4 filhos: Ruth, Lenita, Cecília e Antônio Fábio. Ruth e Lenita, profissionais da mais alta competência.abraçaram a profissão da mãe e ficaram muito conhecidas dos capivarianos pelo fato de terem sido professoras e diretoras do Ginásio Padre Fabiano e sempre radicadas em Capivari. Cecília, anos mais tarde, também se radicou em Capivari. Aldano era proprietário de uma oficina de montagem de rádios a partir de 1939.

Tinha vocação artística e fez parte da Orquestra Sinfônica de Capivari. Compositor, maestro da Banda Municipal por longos anos foi também professor de música, tendo falecido em 22/7/1986 conforme informações registradas no livro Ronda das Ruas, coordenado pela professora Virginia Bastos de Mattos, em 2004. Seu sobrinho Briolange Grous, eletrotécnico, que também aparece na foto, aprendeu o ofício com o tio Aldano, filho de sua irmã Alzira Alvina de Camargo Penteado e João Guilherme Grous.

Briolange ( 1918-1986) faleceu num acidente automobilístico juntamente com sua esposa Elisa Pereira , causando uma comoção na cidade. Herdou do tio a oficina de reparos de rádios e televisores e foi vereador de 1952 a 1955. Atire a primeira pedra quem nunca chamou o afável e “lord” Briolange para consertar televisores em casa no início dos anos 60 e final dos anos 50. Ele trocava as válvulas in loco e a TV em preto e branco voltava a funcionar para alegria das crianças que podiam voltar a assistir a Rin Tin Tin, Lassie , Roy Rogers, O Zorro e muitas outras séries e também dos adultos noveleiros de Alma Cigana, A Gata , O Direito de Nascer, entre outras, da antiga Tv Tupi.


Francisco de Camargo Penteado (1908- 1984) , irmão mais novo de Aldano conhecido em Capivari como “Chico do Ardano” , pessoa boníssima e elegante , casou–se com Marina Pagotto, bisneta dos pioneiros Paolo Pagotto e Teresa que migraram para o Brasil em 1887 pelo vapor Napoli e se estabeleceram em Capivari, com vasta descendência. Chico e Mariana , são exemplos típicos da miscigenação que ocorreu em Capivari dos italianos com os caboclos quatrocentões e tiveram os filhos Zélia de Camargo Penteado e Ubirajara de Camargo Penteado,este último meu ex colega de ginásio e colega da república Brejo Seco no bairro Butantã em São Paulo, no ano de 1971. Chico do “Ardano” era barbeiro e tinha um salão na rua Padre Fabiano, esquina com Saldanha Marinho. Morava com a família em uma residência ao lado do salão e vizinho da minha também ex colega Maria Adelia Teixeira da Silva .

Em frente ficava o Hotel Central, onde se hospedava o competente mas temido professor de português, José de Almeida. Várias gerações passaram pelo salão do Chico do “Ardano”, inclusive meu pai, eu e meus irmãos que tínhamos os cabelos cortados “tipo alemão” pelo próprio Chico ou pelo seu fiel escudeiro Hércules Oliveira.Lembro-me muito bem de que eles colocavam uma travessa sobre a cadeira para aumentar a altura das crianças e facilitar o corte .

A barbearia era ponto de encontro, principalmente dos mais velhos, que disputavam a leitura do Estadão do dia.

Nessa fotografia em Capivari em 1921 aparecem os irmãos Penteado, a matriarca Francisca e dois netos.

Da esquerda para a direita em pé :

• Ermengarda de Camargo Penteado ( casada com Brasilio do Canto)
• João de Camargo Penteado, ( não consegui descobrir o cônjuge )
• Aldano de Camargo Penteado, ( casado com Herminia Ferraz de Camargo Penteado)
• Maria de Camargo Penteado (não consegui descobrir o cônjuge)
• Luiza de Camargo Penteado( casada com Luiz Agostinho da Costa) e
• Faraildes de Camargo Penteado( casada com Donato Flores)

Da esquerda para a direita sentados :
• Domingos de Camargo Penteado, casado com Lourdes de Almeida , bisavós de Henrique de Almeida Keppke
• Francisco de Camargo Penteado , casado com Marina Pagotto (Chico do Ardano na frente do irmão Aldano)
• Matriarca Francisca Dias Ferraz de Camargo Penteado
( casada com Joaquim Leite de Camargo Penteado)
• Helena de Camargo Penteado ( casada com Antonio Augustinho da Costa)
• Alzira de Camargo Penteado, casada com João Guilherme Grous e na foto com os filhos Briolange e Maria.

Grata lembrança de um um tempo de Capivari que ficou no imaginário.

Leia mais artigos em SeuJornal.com

Redação

Sobre o autor : Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal,não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo
Fechar