“Quando vai ser o pico? Não sei e ninguém sabe”, diz ministro da Saúde

O ministro da Saúde, Nelson Teich, declarou nesta quarta-feira (29/4) que não sabe quando vai ser o pico de casos do novo coronavírus no Brasil. Mais cedo, o Ministério da Saúde divulgou que o país teve o maior número de casos confirmados nas últimas 24 horas. O sistema recebeu mais 6.276 novos registros de casos e, ao todo, 78.162 pessoas estão infectadas no Brasil. 


“Quando vai ser o pico? Não sei e ninguém sabe. Não sou que não sei, ninguém sabe”, disse Teich ao responder perguntas de senadores em uma sessão remota do Plenário do Senado Federal. O ministro da Saúde foi convocado por senadores para esclarecer quais ações serão providenciadas pela pasta para socorrer os estados e municípios no combate à pandemia da Covid-19. 


“Um dos grandes problemas se definir uma data que se baseia em um modelo é que aquela sugestão se transforma numa promessa e um dado real. Você passa a tratar aquilo como se fosse uma verdade e quando aquilo não acontece todo mundo começa a se perguntar o que está acontecendo”, avaliou. 

De acordo com ele, cada lugar vai ter uma curva e as datas que são projetadas são suposições em cima de modelos. Segundo o balanço do Ministério da Saúde, os estados mais afetados são São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Ceará, Amazonas, Maranhão e Pará.


Teich também usou o espaço para esclarecer que o foco da pasta é o aprofundamento e atualização sistemática das informações relacionadas à crise. “Montamos, para tanto, um centro de comando de informações que nos auxilia para embasar as decisões”, pontuou.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar