Professor de dança do ventre é preso por estuprar criança

Nesta quinta-feira (30), a Polícia Civil de Goiás (PCGO) concluiu investigação que acusa um professor de dança do ventre de estupro por fato ocorrido em 2010, no Novo Gama, que faz parte do Entorno do Distrito Federal. 

O suspeito foi preso pelos investigadores, após ser identificado em um cruzamento de exames de DNA. De acordo com a polícia a identificação só foi possível porque a vítima realizou exames ao Instituto de Medicina Legal (IML) à época do crime.

No entanto, oito anos após o acontecimento, a Polícia Civil fez o confronto de dados do suspeito, a partir de informação do Banco Nacional de Perfis Genéticos. 

Com isso, a polícia descobriu que se tratava de um homem que trabalhava como professor de dança do ventre. A vítima reconheceu o criminoso na delegacia. Ela ainda era menor de idade quando o crime ocorreu. O preso é acusado de outros estupros.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar