Saúde

Médico da Unimed Capivari fala sobre o Câncer de Mama

Desde a muito tempo, homens e mulheres veem o câncer como sendo um vulcão, que quando entra em erupção derrama sua lava por todos os lugares destruindo tudo que está pela frente. Essa é a exata imagem que todos têm em mente.

Hoje a medicina já descobriu que esse “vulcão” não está no corpo das pessoas desde o nascimento, e que todos podem  percebê-lo desde o início de sua formação, através de exames de sangue,   marcadores biológicos, exames de imagem,  mas principalmente pelas mudanças que ocorrem no corpo, e, por exames médicos rotineiros.

No caso do câncer de mama, o AUTOEXAME DAS MAMAS é um dos principais passos no seu diagnóstico precoce. Esse autoexame deve ser feito por TODAS as mulheres pelo menos uma vez na semana. Consultas médicas com ginecologista devem ser anuais ou quando necessárias em caso de urgência, sendo que, o próprio ginecologista ensinará a mulher a fazer corretamente o  autoexame. Mamografia, tomografia, ressonância magnética, entre outros,  são exames suplementares, pedidos pelo médico assistente quando ele julgar necessário, seja pelo exame da mama ou pela idade da mulher.

O câncer de mama, como outros tumores malignos aparecem por vários motivos: tendências familiares, ingestão de drogas, cigarro, hormônios, até por alguns suplementos oferecidos em academias, produtos químicos carcinogênicos de alguns alimentos industrializados como corantes, acidulantes, conservantes, álcool, etc. Hoje já existem marcadores genéticos com pesquisa de DNA mostrando propensão que uma pessoa pode ter para esse ou aquele tumor, muitos ainda em estudo.

O OUTUBRO ROSA veio para conscientizar as mulheres que esse VULCÃO pode ser descoberto logo no seu aparecimento, desde pequenino, e tratado, seja por cirurgia, com ou sem quimioterapia e/ou radioterapia que são condutas médicas. Em 2018 foram diagnosticados quase 60000 novos casos de câncer de mama apenas no Brasil.

O mais importante de tudo além de se evitar os fatores desencadeantes descritos é o AUTOEXAME  das mamas e as consultas periódicas com seu ginecologista  mesmo estando em boas condições de saúde. Nesse caso vale sempre a máxima: PREVENIR É MELHOR QUE REMEDIAR.

Colaborou com o texto Dr. Luciano de Camargo Pacheco Filho, médico cooperado da Unimed Capivari e padrinho do Jeito de Cuidar da Unimed Capivari.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo