Política

Primo de Borsari, ex-prefeito de Indaiatuba recebe nova condenação judicial

O ex-prefeito de Indaiatuba, Reinaldo Nogueira, sofreu mais uma condenação na Justiça. Desta vez é pelo caso que estourou em outubro de 2015, de uma desapropriação de uma área feita pela prefeitura, então sob o comando de Reinaldo. Nogueira é primo irmão do ex-prefeito de Capivari, Carlos Borsari e do ex-vereador Tete Borsari. Em Capivari o primo também coleciona condenações, e Tete Borsari também teve que devolver dinheiro público recentemente.

O Ministério Público apontou que houve superfaturamento na aquisição de uma área, pela prefeitura, em 2013, por quase R$ 10 milhões de reais. Nove anos antes, essa mesma área havia sido adquirida por R$ 450 mil.

A Justiça acatou a tese do ministério público de que Reinaldo Nogueira teria se aliado a chamados “laranjas” para se beneficiar do esquema. Esse mesmo caso levou o ex-prefeito para a prisão por quase dois meses, entre junho e agosto de 2016. Agora, ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo ao ressarcimento integral dos danos causados aos cofres públicos, pagamento de multa correspondente a duas vezes esse valor, perda da função pública e suspensão dos direitos políticos por dez anos.

Essa é uma decisão em primeira instância, e, portanto, Reinaldo Nogueira pode recorrer.

Na época em que o caso veio a público pela primeira vez ele se defendeu alegando que nenhuma desapropriação feita na sua administração prejudicou as contas do município, que a valorização da área era compatível com as melhorias feitas ao longo do tempo e que por isso considerava o entendimento do Ministério Público um equívoco.

(Texto: Tv Sol Comunidade)

Botão Voltar ao topo
Fechar