Política

Consórcio Nordeste busca investimentos europeus na região, informa Jean Paul

O senador Jean Paul Prates (PT-RN) registrou nesta quinta-feira (28), em Plenário, sua participação na primeira missão internacional do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste, o Consórcio Nordeste, que aconteceu entre os dias 17 e 22 de novembro. Nesses dias uma delegação composta de governadores da região e outras autoridades esteve na França, na Itália e na Alemanha para atrair investidores para a região brasileira.

De acordo com o senador, o propósito da missão oficial nos países europeus foi expor o potencial econômico e social da região, além de fortalecer as relações de cooperação entre os países visitados e os governos do Nordeste.

— Agendas como essa, na Europa, são necessárias não só para atrair novos investimentos para a região, como para descentralizar a atenção desses investimentos do eixo tradicional Rio-São Paulo.

Na oportunidade, os governadores apresentaram propostas nas áreas de sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas. Para Jean Paul, a formação do Consórcio Nordeste é “inovadora do ponto de vista da gestão estadual e da integração”.

— O consórcio não é uma associação informal dos governos; não é um clube de governadores. É uma entidade, pessoa jurídica formada, válida, legítima e que, inclusive, passa a fazer parte da administração indireta dos estados, como se uma autarquia fosse, só que dividida entre os nove estados do Nordeste — ressaltou.

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Botão Voltar ao topo
Fechar