Política

Conselho de Ética abre processo contra Filipe Barros e Carla Zambelli

O Conselho de Ética da Câmara dos Deputados instaurou, nesta terça-feira (3), processos contra dois deputados:  Carla Zambelli (PSL-SP) e Filipe Barros (PSL-PR).

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Representação contra Zambelli foi feita pelo PSL, partido da deputada

O primeiro é movido pelo PSL, legenda da deputada. O partido acusa Zambelli de ter ofendido a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) nas redes sociais após ela deixar o cargo de líder do governo.

Para compor a listra tríplice da qual sairá o relator do caso foram sorteados os deputados os deputados Márcio Marinho (Republicanos-BA), Julio Delgado (PSB-MG) e Emanuel Pinheiro Neto (PTB-MT).

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
PT afirma que deputado caluniou o partido e ofendeu o senador Humberto Costa

Já o processo contra Filipe Barros foi apresentado pelo PT. O partido afirma que, durante uma reunião da CPMI das Fake News, Barros quebrou o decoro ao fazer uma associação “improcedente e caluniosa” do PT com uma organização criminosa, além de ter ofendido o líder petista no Senado, Humberto Costa (PE).

Para esse processo, foram sorteados os deputados Márcio Marinho (Republicanos-BA), Igor Timo (Pode-MG) e Guilherme Derrite (PP-SP).

Os relatores deverão ser definidos na próxima reunião do colegiado.

Da Redação – AC

Botão Voltar ao topo
Fechar