Mundo

Jovem morre baleada jogando Pokémon Go

Cayla Campos, de 21 anos, morreu após ser baleada dentro do próprio carro enquanto jogava Pokémon Go – app lançado em 2016 em que os jogadores capturam criaturas virtuais através de realidade aumentada.

Segundo o Yahoo Notícias, a jovem estava com o namorado perto de um parque chamado Bianchetti Park em Albuquerque (Novo México, EUA) na noite da última sexta-feira (18). O jogo é projetado para incentivar que os usuários viajem pela cidade: parques são um dos locais onde há maior probabilidade de encontrar pokémons.

“Ela e o namorado sempre rondam esse parque jogando Pokémon Go antes de ir para casa, porque é muito próximo do apartamento deles”, contou o amigo do casal, Cody Bell, à emissora local KRQE.

No entanto, grupos de jogadores alertam que certas regiões de Albuquerque não são seguras. Enquanto o casal se divertia com o jogo, eles testemunharam um assalto em um dos outros carros que estavam na rua e tentaram dar meia volta para fugir.

Leia também

Os criminosos dispararam várias vezes contra o carro, e um dos tiros atingiu Cayla na nuca. Ferida, ela perdeu o controle da direção do veículo, que bateu em uma casa vazia.

De acordo com a emissora local KOB 4, a polícia ainda procura os autores do roubo e dos disparos. Acredita-se que eles tenham atirado contra as testemunhas para evitar que o casal os reconhecesse no futuro.

Cayla chegou a ser socorrida e levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. No Facebook, seu pai lamentou a perda:

“Ela foi morta a sangue frio. Perdemos uma pessoa muito especial. Nunca deixarei de pensar em você. Não sei como vou viver sem você”, escreveu Carlos Campos na rede social.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar