Economia

DPVAT 2020: quase 2 milhões pagaram valor maior e terão de ser ressarcidos

Os proprietários de veículos que realizaram o pagamento do Seguro DPVAT 2020 até a última quarta-feira (8) – quando os valores ainda eram baseados na tabela de 2019 – poderão pedir a restituição da diferença a partir desta quarta (15).

Publicidade

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, reconsiderou sua liminar – feita no dia 31 de dezembro – que suspendia a redução dos valores do seguro, atendendo a resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) feita no dia 27 de dezembro.

Dessa forma, o seguro obrigatório passou, a partir da última quinta-feira (9), a ter novos valores para 2020. O maior desconto foi para as motos, com um abatimento de 86%, enquanto para carros o corte foi de 68%. Veja tabela:

CategoriaValor a partir de quinta (9)Valor até quarta (8)
CarroR$ 5,23R$ 16,21
MotoR$ 12,30R$ 84,58
TáxiR$ 5,23R$ 16,21
CiclomotoresR$ 5,67R$19,55
CaminhõesR$ 5,78R$ 16,77
Micro ônibusR$ 8,11R$ 25,08
ÔnibusR$ 10,57R$ 37,90

De acordo com a seguradora Líder, mais de 1,9 milhão de veículos receberão o ressarcimento em todo Brasil, sendo que mais de 900 mil são do estado de São Paulo – o mais populoso do país.

O pedido de reembolso deverá ser feito pelo site do consórcio e a diferença dos valores será transferida para a conta corrente ou poupança do proprietário do veículo. Para o cadastro de recebimento, deverão ser informados:

  • CPF ou CNPJ;
  • Renavam;
  • E-mail;
  • Telefone;
  • Data de pagamento do DPVAT;
  • Valor pago;
  • Banco, agência e conta corrente ou poupança.

Depois da solicitação, o proprietário receberá um número de protocolo para acompanhar o processo da restituição, que deve ser processado em dois dias úteis. Entretanto, a entidade não informa o prazo para o pagamento efetivo.

Para quem possui mais de um carro e realizou o pagamento do Seguro DPVAT 2020 duas ou mais vezes, o pedido dos valores deverá ser feito por outro link.

Já para os frotistas, a requisição deverá ser feita pelo e-mail: restituiçã[email protected]

Do G1

Botão Voltar ao topo
Fechar