Cidade

Vereadores votam por retirar da pauta o PL que criava cargos na educação

A Câmara Municipal de Capivari realizou na noite desta segunda-feira, 6, sua 35ª Sessão Ordinária.
Após leitura do Expediente, com aprovação da Moção de Aplausos n.º 20/2017, o casal de cantores gospel Fúlvio Stefan Souza Silva e Raquel Franco Silva foi homenageado a pedido do vereador Nelson Soares (PR).


O vereador Valdir da Farmácia (PSL) indicou ao Poder Executivo providências urgentes para colocação de cobertura na entrada do Centro Especializado de Atendimento á Criança e ao Adolescente (CEAMC). Ele indicou também estudos sobre a possibilidade de se abrirem as portas do CEAMC mais cedo para receber os pacientes.
Na sequência, o vereador Mateus Scarso (PMDB) falou na Tribuna Livre sobre as casas populares. Comentou que a Prefeitura Municipal deve ser transparente para o sorteio das 224 casas populares.
O presidente Bruno Barnabé (PSDB) falou sobre o início da campanha Novembro Azul feita pela Câmara Municipal de Capivari. O Projeto de Lei da campanha é de autoria do vereador Mateus Scarso (PMDB).


Na Ordem do Dia, os vereadores aprovaram o Requerimento 152/2017, de autoria do vereador Mateus Scarso (PMDB). Por meio dele, Scarso pede ao Poder Executivo, informações sobre a intenção de se mudar de local, o Posto de Saúde Central.
O Requerimento 154/2017, de autoria do vereador Eliseu Serrano (PR), pede informações sobre possibilidade de disponibilizar sala equipada com móveis e computadores além de veículo para atividades da CIPA.
A Prefeitura municipal de Capivari encaminhou ofício de retirada do Projeto de Lei n.º 161/2017, que teve aprovação unânime. Assim, o PL 161/2017 foi retirado. Ele dispunha sobre criação de cargos de provimento efetivo para a Secretaria de Educação do município.
A sessão foi transmitida ao vivo pelo canal da Câmara no Youtube e pode ser vista também no site www.camaracapivari.sp.gov.br.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo