Capivari

Rio Capivari esta em risco de transbordar, diz Defesa Civil

A Prefeitura de Capivari informou por meio de nota, na tarde desta terça-feira, 15, que com a chegada das águas oriundas das cidades de Campinas e Monte Mor, houve um aumento do risco de extravasamento das águas do Rio Capivari.

Publicidade

Em ação preventiva pela Defesa Civil, oito famílias moradoras em áreas que podem ser afetadas caso ocorra o transbordo do rio foram levadas para abrigo temporário fornecido pela Prefeitura, a EICAP Prof. Aldo Silveira, com seus pertences em caminhão fornecido pela gestão municipal, onde receberão as refeições e o necessário até que voltem às suas casas. Duas famílias estão desalojadas em casa de amigos.

As famílias que queiram ir para casa de parentes ou para o abrigo da Prefeitura, deverão entrar em contato pelos números da Defesa Civil são 199 e (19) 3492-3186. A Guarda Civil também fica disponível para orientações e procedimentos em caso de alagamentos e o telefone para contato com a GC é 153 e (19) 3491-1311. O Corpo de Bombeiros atende pelo 193.

PONTOS DE ALAGAMENTO
No momento, temos 4 pontos de alagamento: 3 no bairro Santa Rita de Cássia e 1 no Cancian.
Ruas Bruno Rocco, João Nicolucci, Osmar Galvão e Av. Benedito M. Camargo.
De acordo com a régua de aferição às 18h12, o nível do Rio Capivari marcou 1.80m. O transbordamento pode ocorrer ao atingir 2m. A situação do município é de Estado de Alerta e o monitoramento, por parte da Defesa Civil, é constante.

ABERTURA DAS COMPORTAS
As comportas da Barragem Leopoldina estão abertas na totalidade (canal, profundidade e drenos), visando diminuir o impacto do período chuvoso. No momento, o município está em Estado de Alerta. A Defesa Civil segue fazendo o monitoramento do nível da régua e toda rede telemétrica do Rio Capivari constantemente.

PLANO DE AÇÃO IMEDIATA
A Defesa Civil de Capivari realiza o PAI (Plano de Ação Imediata) para enchentes, nos meses de dezembro a março, que consiste em diretrizes para preservação de vidas e redução de danos materiais e ambientais decorrentes de possíveis alagamentos associados ao período chuvoso.

DESTACANDO: Os números telefônicos da Defesa Civil são 199 e (19) 3492-3186. A Guarda Civil também fica disponível para orientações e procedimentos em caso de alagamentos e o telefone para contato com a GC é 153 e (19) 3491-1311. O Corpo de Bombeiros atende pelo 193.

Botão Voltar ao topo
Fechar