Brasil

Mãe não será indiciada por homicídio após matar estuprador a facadas

A mãe que matou um homem identificado como Raylan Lima, com golpes de arma branca, em Parauapebas, sudeste paraense, não será indiciada por homicídio. O homem é suspeito de estuprar a filha da mulher. A informação é do site Portal DM.


Quem afirma é o delegado Élcio de Deus, titular da 20ª Seccional de Polícia Civil de Parauapebas, que conversou com a imprensa, na tarde desta terça-feira (11/02) e deu mais detalhes sobre o caso, ocorrido na madrugada do último domingo (09/02).


“Foi tombado inquérito e a autora da facada foi ouvida. O Delegado Gabriel, que foi quem lavrou o procedimento, entendeu pela legítima defesa e por isso o procedimento deve ser remetido à Justiça com a sugestão de arquivamento, como é feito de praxe nesses casos”, disse o delegado Élcio de Deus.


Pelas redes sociais, começaram a circular informações de que a mulher teria sido presa, porém, o delegado negou.

Botão Voltar ao topo
Fechar