Brasil

Velório é interrompido após morto “apertar” mão da esposa

O velório de um homem identificado como senhor Raimundo Bezerra de Sousa, de 61 anos, precisou ser interrompido depois que a esposa dele afirmou que o defunto apertou a mão dela.

O caso aconteceu na última sexta-feira (16/08/2019), em São Luís do Curu (CE).Testemunhas garantem também que o corpo transpirou e se mexeu dentro do caixão. Raimundo estava preso na cadeia de Trairi, onde teria passado mal. Internado no hospital de Itapipoca (CE), faleceu às 22h de quinta-feira passada (15/08).

Ao desconfiar que o homem ainda tinha sinais vitais, os parentes chamaram o o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Porém, os profissionais constataram que ele estava mesmo sem vida. A família, contudo, não ficou convencida e levou o corpo para o Hospital Municipal Antônio Ribeiro da Silva, em São Luis do Curu. Outra vez foi constatado o óbito. Por volta das 18h da sexta, Raimundo foi sepultado.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo