NotíciasSaúde

Estudo tenta descobrir se exercícios podem ser substituídos por suplementos

Quando atividades físicas são realizadas, vários hormônios são liberados e há uma melhora em relação ao fluxo sanguíneo, na oxigenação do cérebro, na pele e nos órgãos vitais, além de fortalecer os músculos e os ossos. Mas seria possível conseguir todos esses benefícios sem se exercitar? 

Um grupo de pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, acredita no poder da sestrina. Ela se acumula nos músculos depois da atividade física. Os cientistas acreditam que a sestrina seja uma proteína que ajuda a gerar todas as alterações corporais que o exercício físico traz. Sendo assim, encontrar uma forma do corpo produzi-la poderia ser um caminho para conseguir essas vantagens, como ganho muscular e queima de gordura, sem sair do sofá. 

Suplementos
Crédito: Divulgação

Inicialmente, eles tentaram comprovar essa hipótese fazendo experimentos com moscas e roedores. Com uma espécie de esteira rolante e aproveitando o instinto natural das moscas Drosophila de subir e sair dos tubos de ensaio, os pesquisadores treinaram elas durante três semanas. O resultado final do estudo, que foi publicado na revista científica Nature Communications, mostrou que as moscas que foram alteradas para produzir a proteína ficaram mais fortes com o passar do tempo, mesmo as que foram impedidas de fazer os exercícios.

Além disso, quando elas possuíam mais níveis de sestrina, conseguiam ter habilidades superiores às moscas treinadas, mesmo sem fazer exercício algum. O resultado foi o mesmo entre os roedores. Os animais ficaram com as capacidades aeróbica, de respiração e de queima de gorduras mais aprimoradas dos que não produziam a sestrina ou dos que apenas realizam os exercícios. Enquanto isso, as que foram modificadas para não produzir a sestrina não tiveram alterações na força, mesmo que praticassem as atividades. . 

De acordo com Jun Hee Lee, um dos pesquisadores do estudo, em entrevista ao Daily Mail, “este estudo independente destaca novamente que a sestrina sozinha é suficiente para produzir muitos benefícios obtidos com a atividade física”. Porém, é importante ressaltar que manter uma vida ativa não pode ser deixado de lado. A pesquisa busca trazer benefícios ainda maiores para pessoas que não conseguem mais fazer exercícios, como os idosos. 

Entretanto, os testes foram feitos apenas em animais, e não é possível mensurar sua eficácia em seres humanos. Por isso, segue sendo importante manter uma alimentação balanceada e uma rotina firme de atividades físicas para obter resultados significativos. Também pode ser recomendado o uso de suplementos como apoio alimentar. 

Botão Voltar ao topo
Fechar