MundoNotícias

Qual a religião mais praticada do mundo?

Considerando os dados do ‘The World Factbook’, elaborado pela CIA (Agência Central de Inteligência dos Estados Unidos) em 2012 e também o site de religiões Adherents, os maiores grupos religiosos do mundo, em números aproximados, são: Cristianismo (28%, incluindo várias religiões cristãs), Islamismo (22%, incluindo os xiitas e sunitas), Hinduísmo (15%), Budismo (8%), Religião Tradicional Chinesa (6%), Religiões Primárias (6% somando religiões primárias da África, Ásia, Oceania e Américas) e Sikhismo (1%).

Na sequência vêm algumas religiões também muito conhecidas mundialmente como o Judaísmo e o Espiritismo (que reúne diversas religiões).

Saiba mais sobre cada uma das 7 maiores religiões praticadas no mundo:

Cristianismo é dividido em diversas religiões

Com cerca de 2,2 bilhões de adeptos em todo mundo, mas é dividido em diversas religiões. Tem sua origem na história de Jesus Cristo. É um grupo religioso monoteísta: acredita em um Deus único e supremo, seu principal livro que contém a base de seus dogmas é a Bíblia. Mesmo com o crescimento de outras religiões, o cristianismo continua sendo a doutrina com mais adeptos no mundo. Atualmente, existem inúmeras religiões cristãs no mundo, sendo que as principais são:

Catolicismo segue a Católica Apostólica Romana

Representa quem segue a Igreja Católica Apostólica Romana que tem sede no Vaticano –um Estado-país independente, mas localizado em Roma, na Itália. Possui como autoridade máxima o papa, atualmente o Papa Francisco. No mundo são cerca de um bilhão de católicos apostólicos romanos.

Catolicismo ortodoxo é praticado na Europa Central

É uma religião cristã oriunda de uma separação que aconteceu na Igreja Católica Romana no século XI e que se dispersou no oriente. As principais igrejas são a Igreja Católica Ortodoxa (que conta com fiéis espalhados principalmente na Europa Central e se divide em vários patriarcados, como o de Constantinopla, de Antioquia, da Bulgária, entre outros) e Igreja Ortodoxa Russa, que segue o patriarcado de Moscou.

Protestantes tem várias ramificações

Surgiram com as divergências de opiniões dentro da Igreja Católica Romana no séc. XVI, durante a Reforma Protestante, liderada pelo alemão Martinho Lutero – contra a venda de perdão por parte do clero e ser contrário aos dogmas católicos, como a veneração a santos.

Na França, na mesma época, João Calvino tomou a frente da reforma e na Inglaterra, o rei Henrique VIII criou sua própria igreja, bem similar à Católica Romana, a Igreja Anglicana (existente até hoje). Dessas divisões, nasceram muitas ramificações, mas os maiores grupos são: Luteranos, Presbiterianos, Batistas, Metodistas e, a mais recentemente, os Pentecostais e Neopentecostais.

Islamismo é a religião que mais cresce

É uma religião monoteísta, onde o Deus único é Alá e que surgiu no século VII, criada por Maomé, seu principal líder. O livro sagrado é o Corão (ou Alcorão) e atualmente possui cerca de 1,5 bilhão de adeptos no mundo e é a que mais cresce, segundo o site Adherents. O islamismo é difundido especialmente na Ásia, Oriente Médio e na África, porém existem seguidores em países como França, Bélgica e Espanha.

No Budismo não existe um Deus, mas um líder

É uma doutrina baseada nos ensinamentos de Siddharta Gautama, o Buda (séc. VI a.C.) que busca a realização plena da natureza humana, em um ciclo contínuo de morte e renascimento, no qual vidas presentes e passadas estão interligadas. Dentro do Budismo não existe hierarquia, até porque não há um deus, somente um líder espiritual, que é o Buda. No mundo existem cerca de 400 mil seguidores, principalmente no Sudeste Asiático, como Camboja, Laos, Birmânia e Tailândia. No Japão, é a segunda maior religião do país.

Hinduísmo está concentrado em países como o Nepal e Índia

Possui um conjunto de preceitos religiosos baseadas nas escrituras sagradas dos Vedas, livro que guarda textos, hinos, louvores e rituais. O Hinduísmo abrange seitas e variações monoteístas e politeístas e sua maioria acredita no poder supremo de Brama, que se manifesta em milhares de deuses e deusas. Os hindus representam mais de 80% da população na Índia e no Nepal.

Religião Tradicional Chinesa

É um termo usado para descrever uma complexa interação entre as diferentes religiões e tradições filosóficas praticadas na China. Os adeptos misturam credos e práticas de diferentes doutrinas, como o Confucionismo, o Taoísmo, o Budismo e outras religiões menores. Com mais de 400 milhões de praticantes, eles representam cerca de 6% da população mundial.

Religiões Primárias Indígenas e Tribais

São diversas tradições e práticas religiosas de origem tribal na África e indígenas na Ásia, Oceania e Américas que se mantêm ainda nos dias de hoje, sem grandes influências de outras religiões. Para o site Adherents, apesar de serem religiões diferentes, foram organizadas como “um grande grupo religioso”, pois não seguem os dogmas de outras religiões, sendo práticas religiosas mais ligadas a relação destes povos com a natureza.

No Sikhismo o Deus é Ik Onkar ou Nam

Embora pouco difundido, o Sikhismo é a sétima maior religião do mundo. A doutrina monoteísta foi fundada no século XV por Guru Nanak e seu Deus supremo é Ik Onkar ou Nam. O sikhismo nasceu na província de Punjab, na Índia, e grande parte de seus seguidores ainda vivem na região. Eles representam 1,9% da população da Índia e 0,3% de Fiji, somando cerca de 20 milhões de pessoas.

(Yahoo)

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar