MundoNotícias

Professores de química são presos acusados de fabricação de drogas

Dois professores de química foram presos pela polícia de Arkansas, nos Estados Unidos, após terem envolvimento com produção de metanfetamina descoberto pela polícia.

Segundo a polícia do estado norte-americano, Terry Bateman, de 45 anos, e Bradley Rowland, de 40, utilizavam o material da universidade estadual na qual trabalhavam para fabricar as drogas.

“Eles foram alvo de uma investigação iniciada pelo chefe de polícia da Universidade Estadual de Henderson”, afirmou um comunicado à imprensa.

Os homens foram suspensos da instituição após fortes cheiros serem sentidos no laboratório e testes indicarem a presença de cloreto de benzila no local.

O cloreto é utilizado como uma das matérias primas a metanfetamina.Após semanas de investigação, os dois foram presos. Segundo o canal NBC, não há informação sobre qual era o destino das drogas ou sobre o tempo de prisão que os professores podem enfrentar.

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar