Guarda de Capivari tem trabalhado no combate ao uso de cerol

Devido a pandemia do Coronavírus é de extrema importância lembrar que o recomendado é que todos fiquem em casa, respeitando o isolamento social, dessa forma, não sendo o melhor momento para soltar pipa 

No município de Capivari, a Guarda Civil tem trabalhado preventivamente com a população para o combate ao uso do cerol. A proibição do uso de cerol entrou em vigor em 2003, segundo a Lei Municipal n° 2927. É de extrema importância lembrar que devido a pandemia do Coronavírus é recomendado não soltar pipa, dessa forma ficando em casa para a segurança de todos e respeitando o isolamento social.  

Não apenas no município, mas o Estado de São Paulo, segundo a Lei Estadual n° 17.201/2019, publicada no Diário Oficial, também proíbe o uso, a posse, a fabricação e a comercialização de linhas cortantes compostas de vidro moído conhecido como cerol, bem como a importação de linha cortante e industrialização obtida por meio da combinação de cola madeira ou cola cianoacrilato com óxido de alumínio ou carbeto de silício e quartzo moído, ou qualquer produto ou substância de efeito cortante independente da aplicação ou não destes produtos nos fios ou linhas, conhecido como linha chilena/linha indonésia, utilizadas para soltar pipas.  

É importante ressaltar que o descumprimento da Lei, pode implicar em multa aos infratores sem prejuízo as sanções de ordem penal e civil quando maior de 18 anos. No caso de menores, as responsabilidades descritas recaem sobre seus tutores. 

Cabe aos responsáveis pelas crianças zelar pelo o seu bem estar, dessa forma, os orientando a ficarem em casa, respeitando o isolamento social e seguindo as orientações que o município vem falando.

Publicidade

Redação

Sobre o autor : Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal,não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo
Fechar