Fake News, Eleições e pandemia

A desinformação é o maior desafio para as eleições deste ano. Esse já era o desafio, mesmo antes da pandemia. Agora com o reforço da importância das redes sociais na comunicação entre o poder público, candidatos, autoridades e a sociedade, o impacto das fake news, somente aumenta.

A Justiça Eleitoral vem se preparando a cada dia, assim como o Ministério Publico Eleitoral e a própria advocacia eleitoral.

A correlação entre a desinformação e os crimes contra honra é latente, sendo que a calúnia e difamação são crimes mais recorrentes neste cenário. Cumpre esclarecer que a mentira por si só, não é crime no dia-a-dia, porém na propaganda eleitoral informações inverídicas é vedada e criminalizada.

De fato, a desinformação e as fake news é uma ameaça a democracia, e a constituição. Desinformação talvez seja o problema mais antigo da humanidade, ou seja, a mentira.

ADRIANO ALVES – Advogado especialista direito público, criminal e eleitoral
https://alvesfranquini.com.br/direitopublico

Publicidade

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar