Entenda os cuidados pós-treino para garantir o melhor resultado

Alimentação depois do exercício pode fazer a diferença

(Crédito: Divulgação)

Para quem faz exercícios e reserva algum tempo na academia, o pós-treino é uma parte tão importante quanto a atividade física em si. A recuperação dos músculos para um bom desempenho nas atividades do dia seguinte e a garantia de que os resultados do treino serão percebidos são fatores muito influenciados por questões como a alimentação.

A ideia de que o momento após o exercício é voltado para a ingestão de alimentos gordurosos e doces, como forma de recompensa pelo esforço, é bem perigosa. O período pós-treino é essencial para maximizar os rendimentos e reduzir as lesões. Alguns alimentos podem ajudar nesses aspectos, garantindo alguns tipos de nutrientes que fazem toda a diferença.

O ganho de massa magra e a recuperação muscular devem ser o foco do período seguinte ao exercício. Assim, o consumo de proteína é essencial, já que ele é essencial para a reparação muscular. Uma pesquisa publicada no NCBI, ramo da Biblioteca Nacional de Medicina dos Estados Unidos que estuda biotecnologia, reforçou essa ligação. Como resultado da análise de diversos estudos diferentes, os pesquisadores concluíram que ingerir proteínas em até uma hora após o treino influenciava na recuperação dos músculos de maneira positiva. Já não ingerir o nutriente, ou fazer a ingestão muitas horas depois, poderia não fazer diferença ou até mesmo desencadear um efeito negativo.

Um ponto importante é prestar atenção na quantidade de vitaminas ingeridas durante o dia, pois, mesmo sendo proteína, ultrapassar a quantidade recomendada por dia pode prejudicar mais do que ajudar no quadro.

Além da proteína após o treino, é recomendada também a ingestão de carboidratos para repor o nível de glicogênio – reserva de energia dos músculos que é consumida durante o treino. Essa reposição evita que o corpo utilize os músculos como energia, reduzindo a quantidade de massa magra. Batata, ovo e leite são boas opções, além de integrais no geral. Outro nutrientes também são importantes no momento após o esforço físico, como o ômega 3 e outros antioxidantes, que previnem o envelhecimento de células e tecidos – quadro que pode aumentar com a liberação de radicais livres gerados pelo alto desgaste do exercício.
Também há a possibilidade de utilizar o whey protein como suplemento, utilizado principalmente por quem não tem muito tempo para realizar uma refeição completa após o treino na academia. A utilização de suplementos, entretanto, deve ser realizada somente após a indicação de um médico especialista, diminuindo os riscos de uma ingestão em excesso.  

Redação

Sobre o autor : Esta notícia foi publicada por um dos redatores do SeuJornal,não significa que foi escrita por um deles, na maioria dos casos, foi apenas editada.
Botão Voltar ao topo
Fechar