Deputada Valéria Bolsonaro protocola novo pedido de impeachment do Governador João Doria

A Deputada Estadual Valéria Bolsonaro protocolou ontem, 06, um novo pedido de impeachment do Governador do Estado de São Paulo, João Dória.
Assinaram o documento junto à Deputada, Douglas Garcia, Frederico D’Avila, Major Mecca, Gil Diniz, Agente Danilo Balas e Castelo Branco. Um outro pedido já havia sido protocolado há cerca de 2 meses e arquivado Presidência da Casa de leis no último dia 30 de maio.

“Não desistiremos jamais. Se a Presidência mais uma vez pedir o arquivamento, protocolaremos novamente e quantas vezes forem necessárias, pois somos fiscalizadores do dinheiro público e testemunhas de grandes desmandos e absurdos de um Executivo que tem afundado o nosso Estado,” ressaltou.

A denúncia aponta que o Governador teria praticado diversos crimes de responsabilidade por ação e omissão, principalmente no combate à pandemia contra o Coronavírus.

Dentre os apontamentos da denúncia estão: 270 milhões de reais em obras de saúde (hospitais, laboratórios, etc) paradas; respiradores comprados da China ao custo de mais de 180 mil reais cada um, tentativa de fraude no contrato de mais de 14 milhões para compra de avental de uma editora de livros, alem de um contrato firmado em agosto 2019 para produzir vacina para um vírus que NÃO existia; investimentos milionários em hospitais de campanha e equipamentos temporários que não poderão ser utilizados a longo prazo pela população. Não obstante, foi realizada a comparação entre um hospital de campanha construído pelo Governo Federal por 10 milhões, enquanto o Estado teria gasto 42 milhões para construir o hospital de campanha de São Paulo.

“Essas ações precisam ser investigadas e os responsáveis por estes absurdos não podem ficar impune. E pode ter certeza: a nossa voz é a voz do povo, que clama por providências. O que é público é de todos e não pode ser tratado dessa maneira. Se para algumas pessoas estes fatos e indícios não representam nada, para nós eles são gravíssimos e merecem nossa persistência. Isso não pode continuar assim. Não queremos João Doria governador do nosso Estado,” registrou Valéria.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar