Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo continua em Capivari

A Prefeitura de Capivari, através da Secretaria de Saúde, está realizando a primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo até o dia 13 de março. Nesta campanha de vacinação será utilizada a vacina tríplice viral, com componentes sarampo, caxumba e rubéola, de forma seletiva, com avaliação da situação vacinal e vacinação conforme o calendário vigente, considerando os seguintes grupos-alvo:


Prioritariamente as crianças a partir de 5 anos a adolescentes até 19 anos (dezenove anos, 11 meses e 29 dias) de idade;


Toda a população a partir de 6 meses (pessoas nascidas a partir de 1960) para atualização da situação vacinal que procurarem os serviços de vacinação;


“É fundamental tomar a vacina, não somente esta contra o sarampo, mas estar sempre em dia com todas as vacinas, pois muitas doenças que já estavam erradicadas no país só voltam a circular entre nós devido a estas falhas na imunização, de pessoas que não procuram o atendimento e fazem o vírus circular novamente”, diz Simoni Pacheco, diretora de Vigilância em Saúde.


Nesse mesmo período também será disponibilizada a vacina contra a febre amarela (atenuada) para toda a população a partir de 9 meses de idade, para atualização da situação vacinal. Atenção para as crianças com 4, 5, 6 e 7 anos (nascidas a partir de 2013) que não receberam a dose de reforço.

O SARAMPO
O sarampo é uma doença infecciosa aguda e contagiosa, que pode ser transmitida por vírus, por meio de secreções que são expelidas ao tossir, espirrar ou até mesmo falar.


Estão entre os primeiros sintomas: febre acima de 38,5o, manchas avermelhadas pela pele, que começam pelo rosto e atrás da orelha e em seguida, se espalham pelo corpo. Em média, os primeiros sintomas aparecem após 10 ou 12 dias do contato com o vírus.

Publicidade

DADOS SOBRE O SARAMPO
De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019 foram mais de 400.000 casos da doença pelo mundo, registrados até 5 de novembro. Segundo informações do Governo do Estado de São Paulo, no Brasil, o Boletim nº39 da SVS/MS registra mais de 16.000 casos e 15 óbitos até dezembro de 2019. Em 2020, até 14 de janeiro foram 240 casos suspeitos no Estado.

ONDE SE VACINAR
O atendimento está sendo realizado durante a semana das 8h às 16h e o munícipe deve procurar o posto de saúde mais próximo com a Carteira de Vacinação em mãos. Mais informações: (19) 3492-8201.

Leia mais notícias no SeuJornal

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar