Atualidades

Conheça as datas do licenciamento para 2020

Veja os vencimentos e as agências para realizar o pagamento

(Crédito: Divulgação)

Com a chegada do novo ano, muitas ideias e projetos vêm a mente. Com elas, as contas no início do ano também. Para os motoristas, o licenciamento do veículo é de extrema importância. Esse procedimento é necessário e obrigatório. Caso não seja cumprido, o Departamento Estadual de Trânsito (Detran) pode desregular o veículo, fazendo com que ele seja proibido de circular pelo Brasil.

Vale lembrar que o licenciamento é obrigatório em todo o território nacional. Diferentemente do IPVA, os motoristas de São Paulo contam com um valor fixo para licenciar o carro. Logo, ele não irá mudar de acordo com o modelo ou ano do veículo. Atualmente, o valor cobrado pela atualização desse documento é de R$ 87,38. Pelo Brasil, a cobrança pode variar entre R$ 50 e R$ 100.

Consulta de licenciamento

Além de retirar a guia de pagamento do licenciamento, a consulta permite um acesso detalhado às informações do veículo. Veja abaixo os passos:

  • Entre no site do Detran SP.
  • Clique em Veículos e depois em Licenciamento.
  • Informe o número da placa.
  • Informe o RENAVAM.
  • Coloque os caracteres de segurança.
  • Para terminar, clique em Confirmar.

Tabela Licenciamento 2020 – São Paulo

A tabela de licenciamento conta com procedimentos e datas para o pagamento, que são feitos em forma de rodízio da placa final 1 até a placa final 0. O boleto precisa ser pago em boleto bancário de forma antecipada e junto com o pagamento do IPVA.

Como pagar o licenciamento

O sistema de pagamento é fácil. Veja abaixo os locais para fazer o pagamento:

  • Banco do Brasil
  • Caixa Econômica Federal
  • Bradesco
  • Banco Popular
  • Correios
  • Santander
  • Casas lotéricas

O que acontece com quem não licenciar o veículo?

Caso o motorista seja flagrado com o licenciamento vencido ou sem o documento, descumprindo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), ele poderá sofrer infração gravíssima, perderá sete pontos na carteira de habilitação, pagará multa no valor de R$ 191,54 e terá o meio de transporte removido, onde ficará retido até a comprovação da quitação do débito.

No entanto, se há mais de dois anos o veículo não está com a documentação correta, é necessário solicitar à Secretaria da Fazenda do local a liberação no sistema para regularizar o carro. Diferentemente do IPVA, não há o recebimento de guia ou boleto para o pagamento. Cada motorista deve estar ciente sobre a exigência da documentação.

Botão Voltar ao topo
Fechar