Connect with us

Seu Jornal

Vereadores criticam e cobram manutenção na iluminação pública em Capivari

Destaques

Vereadores criticam e cobram manutenção na iluminação pública em Capivari

Os vereadores debateram e criticaram, durante a 32ª Sessão Ordinária, na noite de segunda-feira, 16, no Palácio 10 de Julho, sobre a falta de manutenção na iluminação pública nas ruas de Capivari.

O vereador Edson José Bombonatti (PSL), em sua fala na Tribuna Livre, comentou que a Companhia Paulista de Força e de Luz (CPFL) já confirmou que é d Prefeitura Municipal a responsabilidade pela manutenção da iluminação pública nos municípios. Tambuzinho afirma que os moradores dos bairros vêm reclamando e solicitando a troca de lâmpadas. “Recebi várias reclamações de moradores pedindo para trocar as lâmpadas que estão queimadas, agora é a vez da Prefeitura fazer o reparo porque a taxa de iluminação pública o munícipe paga”, disse.

Mateus Scarso (PMDB) comenta o assunto. “Conversei com o secretário de projetos e captação de recurso, Júnior Pazianotto, e ele me disse que a Prefeitura está passando por processo licitatório para contratação da empresa que fará a manutenção da iluminação pública”, afirmou.

A Resolução nº 410/2010 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) determinou que a responsabilidade pelas redes de iluminação pública, como postes, lâmpadas e reatores, passou a ser dos municípios. No iníco0 deste ano, alguns municípios, como Capivari, em liminar na justiça, conseguiram que a CPFL continuasse a ser responsável pela troca de lâmpadas e reatores de postes nas ruas, mas a liminar foi derrubada e finalmente, a Resolução da ANEEL passa a valer. Cada prefeitura é responsável pela manutenção da iluminação pública no seu município.

LICITAÇÃO

A vereadora Gilceane Orosco Malto (PSC) também comentou que a Prefeitura Municipal de Capivari aguarda finalização do processo de licitação para que a ilumninação pública volte  ater manutenção. “Falei com o prefeito e o processo licitatório, dentro de 40 dias, se tudo der certo, uma nova empresa estará fazendo o reparo geral da iluminação pública”, comentou.

O vereador Flávio de Castro Carvalho (PSDB) explica que a demora se deve aos entraves jurídicos, e que agora o município terá que arcar com as despesas de manutenção de iluminação pública. “O município tinha uma liminar que permitia contar com o serviço de manutenção da CPFL, agora a liminar foi cassada e o município tem que fazer esses serviços, mas são perigosos e devem ser feitos por empresas especializadas que estão sendo contratadas através de processo licitatório, para o que estamos pedindo agilidade pois a população não pode ficar sem a iluminação pública”.

Valdir da Farmácia (PSL), que já fez requerimento solicitando informações sobre a responsabilidade de realizar iluminação pública faz suas considerações sobre a iluminação. “A próxima empresa na hora que for combinar os serviços que prestará ao município, já tenha a exigência de substituir todas as lâmpadas comuns por lâmpadas de LED”, enfatizou.

O vereador completa que as melhorias devem compreender a troca de lâmpadas atuais por lâmpadas com maior capacidade de iluminação ou com instalação de novos braços de iluminação em vários pontos da cidade.

 

 

Continue lendo
Você pode gostar também

Mais em Destaques

Siga no Facebook

To Top